(Foto: Reprodução da Internet)

Sampaoli faz exigência para ficar no Santos e pede contratação de ex-Palmeiras

​O argentino Jorge Sampaoli não tem permanência assegurada no ​Santos. Apesar de estar realizando um trabalho elogiado e reconhecido por muitos, o técnico já deixou em aberto a possibilidade de se despedir da Vila Belmiro no final do ano. Apesar de eliminações precoces em competições mata-mata, o Peixe, com menos investimentos que adversários diretos, é o terceiro colocado do Brasileirão, consolidado no G4.

Já segue o Santos no Instagram? Clique aqui e faça parte da nossa torcida!

Recentemente, em entrevista coletiva, Sampaoli voltou a criticar o planejamento do Alvinegro Praiano, destacando que a diretoria apresentou um planejamento com dificuldades para 2020. "Como pessoa física, me encantaria estar aqui. Viver em Santos é o melhor que me aconteceu. Depois, o profissional. Não se pode enganar as pessoas. Tem que ver a realidade. Tenho tentado me reunir com (Paulo) Autuori (superintendente de futebol) várias vezes, mas não temos claro o início de planejar o próximo ano. Não tenho claro", disse.

Diante deste cenário, o ​jornalista Sabestián Marcel, no site Dale Albo, revelou que o argentino fez uma exigência a diretoria do Santos. Para permanecer no clube, Sampaoli solicitou a contratação de Jorge Valdívia, chileno que tem passagem pelo rival Palmeiras, em duas passagens, de 2006 a 2008 e 2010 a 2015, marcadas por muitas lesões e problemas físicos. O meio-campista, de 36 anos, tem contrato com o Colo Colo até o final do ano e ainda não acertou sua renovação.



O treinador tem uma boa relação com Valdivia, com quem trabalhou na Seleção Chilena, onde teve passagem gloriosa conquistando a Copa América. Segundo o site chileno, a direção do Santos sugeriu um retorno de Paulo Henrique Ganso, que atualmente está no Fluminense, nome que não teria agradado Sampaoli, visto que o meio-campista não vingou sob seu comando no Sevilla, da Espanha.



90min