(Foto: Reprodução da Internet)

Buscando atender Jorge Jesus, Marcos Braz estuda proposta por destaque da Série A

​Quando chegou ao ​Flamengo, durante a parada para a Copa América, Jorge Jesus indicou contratações pontuais ao já qualificado plantel da Gávea. Com isso, vieram o zagueiro Pablo Marí, o lateral-esquerdo Filipe Luís e o meia Gerson, todos eles com aval do português, assim como Rafinha, que já tinha chegado pouco antes. Ainda que o desempenho rubro-negro atualmente esteja frenético após dois meses de trabalho, o comandante ainda sente falta de uma opção para o ataque.

Já segue o Flamengo no Instagram? Clique aqui e faça parte da nossa torcida!

Ainda que o ataque esteja muito bem servido com o artilheiro Gabigol, com 30 gols marcados até aqui, e seu fiel escudeiro Bruno Henrique, que já foi chamado por Tite para a Seleção Brasileira, Jesus acredita que o time ainda precisa de um "ponta de lança", como chamam o centroavante de referência em Portugal. O atual camisa 9 do Flamengo não é bem esse tipo de jogador, por isso o treinador ainda está atrás de um jogador com essas características.

Não que Jesus esteja insatisfeito com Gabriel. Muito pelo contrário, tanto pelos números quanto pelas apresentações do atacante de apenas 23 anos. Só que o comandante quer mais versatilidade para o setor, principalmente caso precise de um atacante com maior presença de área em uma determinada partida. Nomes como Diego Costa, do Atlético de Madrid, e Mario Balotelli, hoje no Brescia, foram tentados pela diretoria, mas sem sucesso.



Com a janela de transferências internacionais fechada para o Brasil, a missão é "peneirar" possíveis nomes para o período após o Campeonato Brasileiro, entre dezembro e janeiro de 2020. De acordo com nossa reportagem em parceria com o ​jornalista Rafael Seixas, que traz informações exclusivas do Bahia, o centroavante Gilberto está sendo monitorado pela alta cúpula do Flamengo e pode formalizar uma proposta em breve.



Se Gabigol é o principal artilheiro do Brasileirão com 16 gols, "Gibagol", como é chamado pelos torcedores do Tricolor de Aço, vem em seguida com 10 tentos. No ano, é o segundo maior artilheiro do futebol brasileiro - só superado pelo flamenguista - após balançar as redes 25 vezes. O camisa 9 do Bahia tem vínculo com o clube até dezembro de 2020 e sua multa não foi revelada. Segundo o site Transfermarkt, ele é avaliado em 1,25 milhão de euros (quase R$ 6 milhões na cotação atual).



Aos 30 anos, Gilberto já passou por vários clubes do Brasil. Além do Bahia, o centroavante defendeu outros gigantes como São Paulo, Internacional, Sport, Santa Cruz e o Vasco da Gama, arquirrival do Mengão. No primeiro semestre, o próprio atleta admitiu ter o "sonho de defender o Rubro-Negro carioca, seu clube do coração" e, nos bastidores do Ninho do Urubu, seu nome foi comentado pelos dirigentes.

No primeiro turno, o Bahia foi implacável diante do Flamengo já com Jesus no banco e anotou 3 a 0, na Arena Fonte Nova, e os três gols marcados exatamente por Gilberto. Nada mal para quem quis fazer bonito diante da equipe que quer defender em breve. A propósito, a reportagem apurou que foi especialmente depois dessa partida que o vice-presidente de futebol Marcos Braz teria colocado o centroavante do Bahia de volta à pauta, mas pensando no planejamento de 2020.

90min