(Foto: Reprodução da Internet)

Santos não aceita proposta da Europa e pode ter prejuízo milionário

​A diretoria do ​Santos, pressionada pelo técnico argentino Jorge Sampaoli, segue atenta ao mercado da bola para satisfazer os desejos do comandante. Além de buscar novos reforços, a alta cúpula alvinegra tenta manter e valorizar os jogadores assediados por outras equipes. Recentemente, uma "novela" envolvendo uma revelação e o interesse europeu ganhou novo capítulo e pode acabar gerando prejuízo.

Já segue o Santos no Instagram? Clique aqui e faça parte da nossa torcida!

De acordo com informação da ​Gazeta Esportiva, na manhã desta quarta-feira (17), o Santos considerou baixa e recusou proposta do Braga, de Portugal, por Caju, de 24 anos. Na última proposta, o time português ofereceu 200 mil euros (R$ 845 mi) à vista e trocou os 300 mil euros (R$ 1,2 mi) por 10% dos direitos econômicos.

Nas tratativas, o lateral-esquerdo e seus empresários chegaram a abrir mão de suas partes, mas não foi o suficiente para convencer o presidente José Carlos Peres.



O defensor tem vínculo apenas até o final do mês de dezembro e pode assinar um pré-contrato para deixar a Vila Belmiro de graça a partir de janeiro. A direção tem pressa para realizar a negociação em definitivo, mas não pensa em diminuir a pedida.



“O Santos não é mais a casa da Mãe Joana. O Santos não pode perder sua soberania. Eles (Braga) queriam pagar 200 mil euros. O Santos quer 1 milhão de euros (R$ 4,2 mi) mais 30% dos direitos econômicos”, afirmou o presidente na última semana.



A recusa à oferta pode causar um prejuízo aos cofres do Alvinegro praiano. Não aceitando negociar o jogador com o clube português, terá que gastar entre 4 e 5 milhões de reais com salários mais encargos até dezembro. Em contrapartida, se topar negociar o lateral, o Peixe diminui a conta para R$ 1,5 milhão.

O atleta nunca se firmou na Vila Belmiro e, desde 2014 entre os profissionais, soma 45 atuações. Na temporada passada, defendeu o Apoel, do Chipre, somando 33 partidas e 3 gols marcados.

90min